» » Tartaruga Tracajá: +22 Fotos, Como identificar e Curiosidades!

Tartaruga Tracajá: +22 Fotos, Como identificar e Curiosidades!

É muito provável que você já tenha ouvido falar sobre os répteis mas, apesar de já conhecer alguns deles, outros vivem ainda em meio ao quase desconhecimento popular sobre si. É esse o caso do Tracajá, animal sobre o qual te falamos nesse post!

O que é Tracajá?

O Tracajá é, na verdade, o nome popular dado ao Podocnemis unifilis, nome científico dessa espécie semelhante a tartaruga comum mas que é normalmente encontrada na região amazônica, sendo comum que habite bacias hidrográficas tanto do nosso país quanto da região venezuelana do Rio Orinoco, em sua maioria.


Apesar de ser um réptil que não possui aparência tão incomum assim, há alguns detalhes que são capazes de tornar esse animal bem singular para a nossa fauna.

Veja Também: Tartaruga-da-amazônia

Características gerais:

Características do Tracajá

Essa espécie é marcada por uma aparência curiosa, tendo carapaça e pele em tons escuros, e contando ao longo de todo a sua cabeça com pequenas manchas de tom amarelado. Inclusive, essas características aparentes são o que nos permitem diferenciá-las das tartarugas e cágados em primeiro momento, por exemplo.

Seu casco possui um formato diferente, mais próximo do oval e com nuances convexas. Além disso, seu peso sofre consideráveis variações mas de toda forma é considerado um animal de peso intermediário, contendo entre 9 e 12kg na grande maioria das vezes.

Habitat

As comunidades ribeirinhas, aquelas que moram próximas a margens de rios, costumam avistar diversos Tracajás. Isso acontece justamente em decorrência do habitat comum a esses animais, que pode variar entre lagoas, lagos, rios, brejos, pântanos e até mesmo florestas inundadas, conforme as encontradas na Venezuela.

Predominantemente, no Brasi, se concentram na região Norte mas também estão presentes no Nordeste e Centro-Oeste do país. Além disso, é comum por quase toda a América do Sul, habitando países como o Equador, Colômbia, Peru e Bolívia, dentre outros.

Comércio ilegal

Infelizmente, esse animal não está livre do possível risco de extinção que pode acontecer por conta do comércio ilegal do mesmo, já que serve como alimentação e fomenta a culionária local de algumas regiões, como a da Amazônia brasileira.

Além da carne, os ovos desses animais também são buscadas para comercialização, o que acaba por diminuir a capacidade de reprodução dos mesmos. Por sua lentidão comum, é complicado escapar e por isso, as autoridades responsáveis alertam para o cuidado que deve se ter com o Tracajá e outros animais em risco eminente de extinção.

+20 Fotos da Tartaruga Tracajá

Atualizado em: 18/11/2022 na categoria: Diversos