» » Cobras D’água – Cobras de Água Doce

Cobras D’água – Cobras de Água Doce

As cobras d’água que podem ser encontradas em rios ou regiões alagadas, como pântanos, não costumam ser venenosas ou agressivas para o homem. No Brasil, por exemplo, esse tipo de cobra pode ser encontrado na floresta Amazônica, em regiões de cerrado e na Mata Atlântica. Leia também: As cobras d’água tendem a se alimentar de pequenos animais, como peixes e crustáceos, mas há aquelas que também possuem hábitos terrestres (cobras semiaquáticas) que se alimentam de pequenos mamíferos, como a sucuri. Elas possuem extrema facilidade e habilidades de se deslocarem em meio às águas e também costumam vir à terra para se reproduzirem e colocarem os seus ovos. Alguns exemplos de cobras d’água são:

Cobra-de-água-viperina

A Natrix maura é conhecida como Cobra-de-água-viperina. Essa cobra d’água é pequenina e habita países como Espanha, Portugal, França e a região norte da África. Não é venenosa, mas se defende ao se sentir ameaçada. Sua defesa acontece quando essas cobras d’água exalam um odor bastante desagradável para afastar o possível agressor. Infelizmente essa cobra está em extinção, em razão das desconstruções de seus habitats naturais. A Cobra-de-água-viperina faz parte da família Colubridae e do gênero Natrix.

Cobra d’água Surucucurana


A Helicops angulatus é uma cobra d’agua comum no Brasil, em especial nos riachos do estado de Minas Gerais. Chamadas popularmente de Surucucuranas, são cobras d’água venenosas, mas que atacam mais presas como anfíbios e peixes. Podem atacar o ser humano, caso se sintam ameaçadas. O seu veneno para as pessoas, entretanto, não é letal, mas cuidados médicos são recomendáveis. Embora habite mais locais de água doce, a Surucucurana também pode viver na água salobra e salgada. Há registros da presença dessas cobras d’águas em litorais da Bahia e do Espírito Santo. A Surucucurana pertence à família Colubridae e ao gênero Helicops.

Cobra Lisa – Liophismiliaris

Chamada de Cobra Lisa, essas Cobras D’água são consideradas semiaquáticas, pois vivem tanto na água como em solo, embora permaneçam longos períodos em ambientes aquáticos. É uma serpente comum na América do Sul, incluindo o Brasil (regiões da Mata Atlântica e cerrados). Alimenta-se de anfíbios e pequenos peixes. Não é venenosa e nem agressiva. A tendência é que a Cobra Lisa se camufle ao perceber que corre perigo. Faz parte da família Colubrideos e do gênero Liophis.

Sucuri – Eunectes notaeus

Trata-se da popular cobra conhecida como sucuri, no Brasil. São serpentes semiaquáticas que tendem a habitar regiões alagadas, onde também se reproduzem e depositam os seus ovos. Não são venenosas para os seres humanos, são constritoras: matam sua vítima enrolando-se em seu corpo e sufocando-a. Pertence à família Boidae e ao gênero Eunectes.

Atualizado em: 25/02/2019 na categoria: Espécies