» » » » Salamanta, A Cobra Arco-Íris

Salamanta, A Cobra Arco-Íris

Se você possui medo de cobras, talvez esteja precisando dar uma olhadinha na salamanta, a cobra arco-íris. A cobra salamanta não é venenosa e tem o nome científico de Epicrates cenchria, também conhecida como jiboia arco-íris da caatinga. Sua pele decompõe a luz e reflete um tom furta-cor e azul metálico, dando um belo colorido à espécie.

Salamanta

Salamanta, uma das cobras mais bonitas do mundo.

Características físicas

A cobra salamanta é uma cobra de médio porte, podendo atingir até 1,5 m de comprimento quando adulta.


Nela predomina a cor marrom avermelhada, com marrom claro ao centro e ventre ainda mais claro, em tons de branco ou neutro. Quando a salamanta se expõe ao sol a sua cor reflete um tom furta-cor e azul metálico devido à iridescência: a luz do sol se decompõe quando atinge a superfície da pele da cobra, fazendo refletir uma cor diferente. Por isso também é chamada de cobra arco-íris!

Habitat

A espécie pode ser encontrada nas Américas Central e do Sul, inclusive no Brasil, em todo o país, principalmente nos estados que possuem campos e florestas.

A cobra salamanta costuma viver em terrenos úmidos, como regiões próximas a rios, perto de planícies de inundação, riachos, lagos, pântanos e florestas úmidas, mas também pode ser encontrada no cerrado e na caatinga.

Hábitos e comportamento

As cobras salamantas possuem hábitos terrículas e noturnos. Elas ficam a maior parte da sua vida em terras seguras, fugindo de predadores, escondidas sob rochas ou troncos ou em tocas de animais da floresta.


Sua alimentação é composta por pequenos animais: insetos, minhocas, lesmas, aranhas e centopeias. Também podem se alimentar de ratos e aves, a depender da disposição dos animais em sua área de caça.

Tem veneno?

A salamanta não tem veneno, mas é uma cobra que pode ser agressiva e morder, causando bastante dor. Em caso de mordida recomenda-se procurar um posto médico rapidamente, já que, mesmo sem veneno, há risco de infecção.


Reprodução

A cobra salamanta é vivípara: gera os filhotes em seu ventre. Ela pode gerar de oito a vinte filhotes em cada gestação e seu período de reprodução acontece entre os meses de maio e junho. Seus filhotes nascem já grandes, com cerca de 40 cm, entre os meses de dezembro e abril.

Fotos da cobra salamanta


Atualizado em: 18/09/2018 na categoria: Colorida, Espécies, Não Peçonhentas