» » Peixe Mocinha: Curiosidades e dicas de Cuidados

Peixe Mocinha: Curiosidades e dicas de Cuidados

O fundo do mar é um dos mais misteriosos espaços e isso vai além de lendas, uma vez que há sempre novas espécies a serem conhecidas quando paramos para o entender. Assim, confira abaixo sobre uma delas, o Peixe Mocinha:

Características gerais:


Muito conhecido pela sua presença em aquários, o Peixe Mocinha corresponde a uma encantadora espécie de água doce. Também chamado de Canivete ou Charutinho, ele possui entre 5 e 7 centímetros de comprimento, extensão corporal marcada pela presença de um tom prateado em meio a manchas amareladas. Além disso, possuem uma marcante listra preta que vai desde sua cauda até a cabeça.

Essa é uma boa escolha para cuidados domésticos, uma vez que nos geral possuem um comportamento tranquilo e são de fácil convivência com outras espécies. Nesse sentido, é interessante evidenciar que os machos podem ser um pouco mais agressivos diante da necessidade de disputa territorial.

Habitat

Esses peixes são comuns na América do Sul, sobretudo em países como o Brasil onde estão desde o Rio São Francisco até a Bacia do Rio Paraná. No geral, nos espaços onde habitam, privilegiam sua permanência no fundo das águas, onde encontram uma vegetação mais densa.

Esses espaços de maior profundidade são perfeitos para o Peixe Mocinha, uma espécie naturalmente voltada para a caça. Sendo assim, costumam ficar de tocaia a espera de possíveis presas, a exemplo de Camarões e Caramujos.

Curiosidades

A forma de locomoção é um dos aspectos mais curiosos dessa espécie, já que parecem se apoiar nas nadadeiras peitorais para a realização de determinada ação, fazendo com que ganhem uma aparência curiosa como se estivessem se apoiando em braços para rastejarem.

Outro fator é que, por habitar os espaços mais fundos, quando criados em aquário podem representar um ótimo auxílio para a limpeza do local, sugando a sujeira ao longo da etapa de alimentação, evitando ainda que algas possam se proliferar de forma muito presente.

Cuidados com o Peixe Mocinha

É preciso pensar em algumas questões para criar o Peixe Mocinha domesticamente, já que eles habitam a região mais baixa dos aquários e, a essa altura, precisam contar com a presença de itens como vegetação, o que relembrará seu habitat natural e trará mais conforto a espécie.

O PH da água deve estar entre 5,5 e 7, além de uma temperatura entre 20º e 30º, fatores que também contribuem para sua ambientação. A iluminação também deve ser pensada, sendo um suporte importante para a climatização do aquário.

Atualizado em: 14/07/2022 na categoria: Diversos