» » » » Cobras de Duas Cabeças ou Anfisbenas

Cobras de Duas Cabeças ou Anfisbenas

Cobras de duas cabeças ou anfisbenas são répteis escamados escavadores, não são cobras e não têm veneno! Foi por ter uma cauda arredondada, parecida com a cabeça, que a anfisbena recebeu o nome popular de cobra de duas cabeças. E apesar de não possuir veneno, trata-se de um animal agressivo e que pode morder.

Características e hábitos da cobra de duas cabeças


As anfisbenas são répteis da família Amphisbaenidae, os únicos realmente escavadores (hábitos fossoriais). Elas escavam o solo com a cabeça, cujo crânio é bastante duro, movimentando-a de um lado para o outro, e vivem a maior parte da vida debaixo do solo.

Outra característica interessante das anfisbenas é a de poderem se locomover para frente e para trás da mesma maneira, o que justifica ainda mais seu nome popular.

Quando ela se sente ameaçada, começa a movimentar seu rabo da mesma forma que movimenta a cabeça, dando a crer que realmente existem duas cabeças. Porém, na realidade, essa é apenas uma forma de proteção, fazendo com que o seu predador perca o foco.

Assim como as cobras-cegas ou cecílias, que são anfíbios, as cobras de duas cabeças também possuem olhos bem pequenos ou até mesmo ausentes.


Do que as cobras de duas cabeças se alimentam?

Tratam-se de animais carnívoros: se alimentam de insetos encontrados nos túneis cavados, larvas, vermes e até pequenos mamíferos, mas também podem sair para caçar na superfície (mais raramente).

As anfisbenas são agressivas, possuem dentes afiados e podem morder, ou seja: nada de achar que o animal é apenas uma minhoca gigante e manuseá-lo! Felizmente, não possuem veneno, mas a dor da mordida pode incomodar bastante!


Cobra de duas cabeças é o mesmo que cobra-cega?

Apesar desses nomes populares se confundirem e suas aparências também, a cobra de duas cabeças não é o mesmo que cobra-cega!

As cecílias ou cobras-cegas são anfíbios sem escamas, enquanto a cobra de duas cabeças ou anfisbenas são répteis escamados!

Leia também:

Atualizado em: 05/12/2018 na categoria: Diversos, Espécies, Não Peçonhentas