» » Cobra Albina – Você Já Viu uma Cobra Branca?

Cobra Albina – Você Já Viu uma Cobra Branca?

Se você já viu uma cobra branca por aí, saiba que você pôde ter visto uma cobra albina! As cobras albinas nascem sem melanina, o pigmento que dá cor à pele, pelos e olhos. Todas as cobras albinas possuem olhos vermelhos e essa característica é determinante para identificar a condição genética.

As cobras albinas podem não ser completamente brancas, mas apresentarem, também, tons amarelados e/ou pálidos.


O albinismo faz com que os animais ou seres humanos sejam incapazes de produzir melanina, o que causa a despigmentação da pele, cabelos, pelos e olhos.

Cobras brancas

Nem toda cobra branca é uma cobra albina. As cobras leucísticas, por exemplo, podem possuir falta de pigmentação geral ou apenas em algumas partes do corpo. O leucismo é uma condição genética diferente do albinismo, já que pode afetar a produção de outros pigmentos corporais além da melanina. As cobras leucísticas possuem os olhos com coloração normal, diferentemente das albinas, que possuem os olhos vermelhos.


Existem outras condições genéticas que podem fazer com que uma cobra seja branca, como o xantismo e piebaldismo.

O xantismo causa a perda da xantina, um pigmento de cor amarelada. Nos répteis silvestres, no entanto, é uma condição pouco comum, já que afeta a capacidade de se camuflar do animal. O piebaldismo também pode causar despigmentação da pele apenas em algumas partes do corpo.


Pessoas que viram essas serpentes costumam se maravilhar com o quão impressionante a aparência delas pode ser. Seu olhar penetrante chama atenção, mas tratam-se de serpentes perfeitamente normais. Comem a mesma comida, possuem o mesmo comportamento e são tão ativas quanto cobras regulares.

Atualizado em: 14/01/2019 na categoria: Diversos



Quer receber novos artigos?