» » O Simbolismo da Serpente para o povo Maia

O Simbolismo da Serpente para o povo Maia

Além de ser um animal considerado exótico, a serpente também é conhecida por ser um animal místico. Diversos povos acreditam até hoje e tinham crenças no passado que a presença deste animal em uma casa pode significar muito mais que um animal querendo moradia ou se escondendo. Podem ser coisas boas ou coisas ruins. Os maias, por exemplo, acreditavam que uma cobra simboliza coisas positivas. 

cobras


Para os maias, povos que viveram na América antes da chegada dos colonos e sua dizimação, famosos por seu misticismo em diversos níveis, a cobra representa o nível máximo de energia que um ser vivo pode ter para fornecer aos homens. Ou seja: é uma coisa boa encontrar com uma cobra em seu caminho para ver vizinhos, por exemplo, o que poderia acontecer bastante na época.

Os maias saibam que uma serpente podia ser perigosa, mas  de maneira alguma a negatividade poderia se reverter em algo que dá sorte. Estes povos antigos acreditavam que tal animal simboliza a energia de kundalini, o que seria a supremacia da energia no corpo humano, dando força, vitalidade e bons fluidos para vencer uma batalha.

Segundo dizem alguns inscritos, os maias conseguiram colocar as cobras em sua vida cotidiana para dar sorte as tribos e ajudar aos membros mais fracos. Não as matavam ou caçavam, apenas as veneraram e como viviam próximos a matas densas, encontravam com suas pequenas fontes de vigoração a todo instante. O “fogo” vital que a cobra teria dentro de sua ‘alma’ ajudaria na purificação do corpo do homem. Por isso era comum em templos maias que cobras fossem desenhadas ao lado de seus deuses em veneração e homenagem.

Os mais nunca se alimentaram das cobras, por isso os historiadores acreditam que este animal acabou por se tornar um pequeno Deus para diversas tribos, mas nada que significasse vida ou morte ou algo mais série e intenso para tais povos e seu equilíbrio universal.


Atualizado em: 28/06/2013 na categoria: Diversos