» » Aperema: Tartaruga de água Doce

Aperema: Tartaruga de água Doce

As tartarugas são animais já bem conhecidos de modo geral contudo, há espécies desse grupo que ainda tem detalhes importantes a serem considerados, sendo uma grande motivo para que você a conheça. Exemplo disso é a Aperema, confira:


Características gerais:

Essa é uma espécie marcada por passar um tempo na terra e o outro na água, considerada assim semi-aquática, o que influencia em muitos quesitos da sua sobrevivência, se alimentando tanto de animais quanto de plantas e sendo vítimas comuns dos Jacarés.

Seu tamanho médio é de cerca de 20 centímetros já na fase adulta, pesando normalmente em volta dos 2 quilos. Ao longo do seu corpo, podemos perceber de uma tonalidade muito escura com manchas de tons laranjas e amarelos, sobretudo próximo ao rosto.


Habitat

Como dito, esses animais são semi-aquáticos, o que faz com que habitem tanto porções de algo quanto o seu entorno, estando geralmente próximas a rios e lagoas, mas não sendo uma espécie criteriosa quanto a questão da qualidade da água, por exemplo. Mas vale frisar que se instalam apenas em regiões de água doce.

Ela tem ocorrências em países vizinhos ao nosso, como a Venezuela, e também aqui mesmo no Brasil. Nesse sentido, sua concentração é mais direcionada aos estados do Norte como Amazonas e Pará, mas também sendo possível ter registros da mesma no Maranhão, já na região Nordeste.

Curiosidades

Assim como acontece com outras espécies de tartarugas, a Aperema é muito utilizada para a reprodução de receitas típicas da região Norte em nosso país, sendo utilizada até mesmo a carapaça ao ter sua carne servida em alguns restaurantes.

Em união ao fato de ser buscada para criação doméstica, há questões de tráfico de animal a envolvendo, tendo em vista a falta de autorização legal para as práticas, não havendo possibilidade de a criar em casa sem que pratique um crime ambiental.

Risco de extinção

Apesar das questões inerentes a si, como o uso para alimentação típica e também como animal de estimação, atualmente a Aperema não é um animal enquadrado com risco de extinção, mas de toda maneira é preciso atenção para que isso não aconteça.

Inclusive, é bom estar atento também a questões como a situação da água, uma vez que a poluição desse bem tem se tornado cada vez mais comum, o que degrada um dos principais espaços de concentração da espécie.

Atualizado em: 12/05/2022 na categoria: Diversos