» » Jacaré-do-papo-amarelo: Curiosidades e Informações

Jacaré-do-papo-amarelo: Curiosidades e Informações

Há uma pluralidade encantadora dentre os animais, e dentre os que mais me chamam atenção, com certeza está o Jacaré-do-papo-amarelo, uma espécie singular que você pode conhecer logo abaixo, onde deixei importantes informações sobre a espécie:


Características gerais:

O Jacaré-do-papo-amarelo é um réptil de estatura considerável, podendo chegar a medir cerca de 3 metros e meio de comprimento, o que contribui para que eles passem essa impressão de temor quando avistados. Além disso, suas características físicas também são marcadas por uma coloração que pode variar ao longo da vida, de marrom a verde oliva com o passar dos anos.

Possuem também manchas escuras, sobretudo na região da cabeça onde podemos ver pontos escuros muito presentes, seguindo para a região dorsal onde tem listras de acordo com essa coloração, sendo esses aspectos que tornam mais simples a sua identificação.


Habitat

Regiões próximas a água são as buscadas pelo Jacaré-do-papo-amarelo, podendo ser desde rios até brejos, passando ainda por locais como riachos, mangues, lagos e lagoas, o que já nos permite perceber que podem estar presentes em diversos lugares.

Um exemplo dessa vasta distribuição geográfica está no nosso país, considerando que ele pode ser visto próximo ao Rio São Francisco, na Região Nordeste, e também na região Sul, por meio do Rio Paraná. Habitam ainda outros países da América do Sul, como o Uruguai e o Paraguai, nações vizinhas ao Brasil.

Curiosidades

Curiosamente, a coloração amarela não faz parte de toda a vida do Jacaré-do-papo-amarelo, mas ele possui esse nome por conta da coloração amarelada que essa região pode passar a apresentar durante o período de acasalamento, o que chama bastante atenção.

Também são marcados por ter o focinho mais largo dentre todas as espécies de crocodilos, o que os oferta certa agilidade na hora de atacar as suas presas, formadas por aves, peixes, mamíferos e até mesmo outros répteis, além de opções menores como alguns insetos e moluscos, por exemplo.

Risco de extinção

Atualmente, a espécie sofre de forma direta com o risco de extinção, principalmente porque seu habitat aquático sofre com eminentes riscos ligados sobretudo a poluição, o que gera problemas futuros tanto ao Jacaré-do-papo-amarelo quanto a outras espécies.

O trabalho do IBAMA é constante para preservar esse animal, mas é preciso que todos possam se conscientizar e cuidar melhor do nosso meio ambiente que serve de casa para tantos animais importante para a nossa fauna brasileira.

Atualizado em: 28/04/2022 na categoria: Diversos