» » » » Cobra Boca de Algodão

Cobra Boca de Algodão

Apesar de ter um nome que a faz parecer inofensiva, a cobra boca de algodão, também conhecida como mocassim aquática, é venenosa e muito perigosa. A cobra boca de algodão recebe esse nome por ter o interior de boca todo branco e é a única cobra semiaquática de todo o mundo, recebendo o nome científico de Agkistrodon piscivorus e pertence à família Viperidae, das víboras.

Cobra Boca de Algodão


Características físicas

A cobra boca de algodão pode medir de 60 cm até 2 metros de comprimento e possui corpo largo. Sua parte superior pode ser marrom ou preta, enquanto a parte inferior é mais pálida. As cobras jovens, no entanto, podem ter faixas e pontos coloridos e brilhantes, que servem para atrair suas presas.

Sua cabeça tem uma forma triangular com fossas em sua cabeça e mandíbula e suas presas e pupilas têm um formato único de fenda. Ela ainda possui uma linha branca em volta de sua boca, outra razão pela qual recebe o nome de boca de algodão. Uma linha escura também se desenha através de sua cabeça, por cima de seus olhos e cumes nasais, que serve para camuflar os seus olhos acima das águas turvas.

Habitat e alimentação

A cobra boca de algodão anda em terra seca, mas prefere viver próxima à água, como córregos, pântanos, manguezais, canais, lagoas e até mesmo em valas ao lado de estradas. Ela é mais encontrada nadando em águas turvas da costa leste e sudeste dos Estados Unidos e do Golfo do México, desde o sul do estado de Virgínia até o Texas.


Cobra boca de algodão nadando acima do nível da água, em águas turvas.

A espécie nada acima do nível da água, com a cabeça para fora, e não sobe em árvores. Elas se alimentam de peixes, girinos, rãs, sapos, pequenos mamíferos, como ratos e camundongos, e outras cobras.

Comportamento

A cobra boca de algodão é uma cobra de hábitos diurnos e fica mais ativa entre os meses de abril e outubro. Apesar disso, quando o clima está muito quente elas podem sair para caçar à noite. Elas costumam se aquecer ao sol sobre pedras e troncos caídos, mas também ficam perto de fontes de água.


Trata-se de uma cobra que defende o seu território e, ao se sentir ameaçada, se enrola e abre sua boca para assustar o seu intimidador, mas também pode fugir para evitar o confronto, como a maioria das cobras. Um ataque a humanos acontece geralmente quando alguém pisa nela acidentalmente ou quando alguém está em fontes aquáticas onde elas habitam, pescando, por exemplo.

O período de acasalamento, quando os machos brigam entre si pelas fêmeas, acontece no início do verão. As fêmeas são vivíparas e dão à luz de 1 a 15 filhotes, na época do outono, a cada dois ou três anos.

Veneno

O veneno da cobra boca de algodão é hemotóxico, ou seja, afeta o sangue. Sua mordida é extremamente dolorosa e se atingir uma artéria pode ser fatal em poucos minutos. Recomenda-se procurar socorro médica imediatamente, sugar o veneno da mordida e fazer um torniquete enquanto aguarda em caso de mordida.

Atualizado em: 13/09/2018 na categoria: Espécies, Peçonhentas, Preta