» » Cobra cipó é Venenosa?

Cobra cipó é Venenosa?

A Cobra Cipó pode ser encontrada no Brasil e chama atenção por características como sua tonalidade verde, mas também é capaz de causar certas dúvidas quando pensamos, por exemplo, se ela é ou não venenosa. A resposta para essa questão e também outras informações, você pode conferir logo abaixo:

Cobra cipó é venenosa?


Apesar de ter sido enquadrada como uma espécie não peçonhenta durante muitos anos, essa identificação mudou e hoje, sim, a Cobra cipó é considerada peçonhenta e representa certo perigo aos humanos e demais animais, principalmente aqueles presentes em florestas e matas, onde elas também costumam estar.

Essa mudança ocorreu graças a fatos como relatos da população e também a morte de um bebê, que na época possui 10 meses e teve contato com o veneno da cobra, o que gerou o seu óbito tão precoce.


Possíveis reações

É comum que quando intoxicado com o veneno da espécie, nosso organismo passe a apresentar algumas reações atípicas. Exemplos disso são manchas escuras dispostas na pele, inchaços e também a dilatação de linfonodos, áreas do nosso corpo responsáveis pelo combate a infecções.

Os sintomas são muito parecidos com aqueles causados por outras cobras, o que faz com que o seu diagnóstico seja mais complicado caso a vítima não saiba identificar a Cobra cipó, dificultando a ação médica em certa proporção.

Veneno da Cobra cipó em humanos

Não é incomum que esse contato atinja aos humanos, sobretudos aqueles que vivem em zonas rurais. Nesse sentido, é possível que se experimente a sensação dos sintomas descritos acima, mas o óbito já não é tão provável assim.

Diante disso, vale frisar que o caso da morte do bebê de 10 meses reflete outras questões, por se tratar de um organismo ainda formação que com certeza enfrentou os efeitos do envenenamento de forma ainda mais presente, o que não é comum entre adultos.

Tratamento

Ainda não existe a formulação de um fármaco voltado ao tratamento específico do envenenamento por Cobra cipó, mas ainda assim existem meios utilizados para os cuidados necessários diante desse episódio, que inclusive podemos ver em uso também em casos com outras cobras.

Basicamente, é comum que se receite remédios como analgésicos e anti-inflamatórios, mas para isso será fundamental contatar um médico, o que poderá te dar uma maior segurança no tratamento para que ele seja efetuado com sucesso.

Cuidados a serem tomados

Mesmo diante das possibilidades de cuidados, o melhor é evitar que esse contato com a cobra exista, havendo algumas medidas básicas para isso. A primeira é não a incomodar ou chegar muito perto, pois assim podem te entender como uma ameaça e atacarem.

Aliás, no geral, elas não atacam humanos a menos que sintam que estão em perigo. Por isso, se você se manter atento e não tentar se aproximar demais, é muito provável que nada te aconteça, sendo sempre essa atitude a melhor a se tomar.

Atualizado em: 02/06/2022 na categoria: Peçonhentas