» » » Cobra Naja – Postura Imponente e Veneno Mortal!

Cobra Naja – Postura Imponente e Veneno Mortal!

Conhecida pela postura imponente, a cobra Naja é uma serpente venenosa, agressiva e perigosa. As najas ou cobras de capello pertencem à família Elapidae e distribuem-se entre mais de 20 espécies. Podem ser encontradas na África e na maior parte da Ásia.


Algumas espécies das cobras najas possuem grande capacidade de elevar praticamente todo o seu corpo, inflar seu pescoço ou mesmo cuspir veneno a uma distância de até dois metros.

Quando inflam o pescoço, deixam à mostra um círculo branco bastante parecido com um olho atrás de sua cabeça, o que é eficaz para afastar os agressores que confundem estes animais, achando que são maiores e também muito mais perigosos.

Características da cobra Naja

As najas possuem, geralmente, um corpo fino e são capazes de atingir, normalmente, até 1,84 metros. As maiores serpentes da espécie já chegaram até a 3,1 metros. Algumas espécies de Naja, como a Naja ashei, pode matar até 15 homens com o veneno de uma picada.

As características mais marcantes do animal ficam por conta do capuz no pescoço, formado quando ela infla as costelas da região, pela postura ereta e o som que produzem quando entram em modo de defesa.


Suas escamas são macias e suas cores variam muito de espécie para espécie, podendo ser preta, vermelha, amarela e em padrões listrados, manchados, etc. Suas pupilas são circulares e a audição não é desenvolvida.


Seu habitat são as regiões tropicais, quentes, vivendo a maior parte do tempo em árvores ou embaixo de pedras, sem oferecer qualquer perigo quando não são incomodadas.

As najas costumam caçar ao nascer e ao final do dia. Elas se alimentam de pássaros e ovos de outros animais, pequenos mamíferos, lagartos, carniça e até de outras cobras. Os mangustos são os animais considerados os inimigos número 1 das cobras najas.

Veneno da cobra naja

As najas possuem presas ocas na parte da frente da mandíbula que servem para injetar o veneno na presa. Seu veneno pode ser neurotóxico, atacando o sistema nervoso com sintomas como paralisia, ou citotóxico, afetando as células com sintomas como inchaço e necrose. O veneno pode prejudicar, ainda, a coagulação do sangue e efeitos tóxicos ao coração.

Algumas najas cuspidoras são capazes de esguichar o seu veneno através de aberturas estriadas na parte frontal de seus dentes. Ao entrar em contato com a pele, pode provocar fortes sensações irritantes. Nos olhos, pode causar sensação de queimação, cegueira temporária ou mesmo permanente, caso o socorro não seja feito de imediato.

Reprodução

As fêmeas da naja podem colocar de 20 a 40 ovos, que demoram de 60 a 80 dias para nascer.

Atualizado em: 09/01/2019 na categoria: Espécies, Peçonhentas



Quer receber novos artigos?