» » » Cobra Jararacuçu – Jararacuçu do Brejo, Papo Amarelo

Cobra Jararacuçu – Jararacuçu do Brejo, Papo Amarelo

A cobra Jararacuçu, também chamada de Surucucu e Urutu-Dourado é uma víbora altamente venenosa e pode atingir os 2 metros de comprimento. A Jararacuçu pode ter coloração dorsal cinza, rosa, amarela, preta ou marrom e possui manchas em forma de triângulo marrom-escuras.

O nome científico da serpente Jararacuçu é Bothrops jararacussu Lacerda, que também é conhecida por outros nomes populares, como jararacuçu-verdadeiro, surucucu-dourada, surucucu-tapete, urutu-estrela e patrona.


Ela faz parte da família dos viperídeos e pode ser encontrada no Brasil nos estados de Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso até o Rio Grande do Sul.

As jararacuçus são vivíparas, ou seja, não colocam ovos para se reproduzir. Seus filhotes nascem prontos diretamente do útero da mãe.
Cobra Jararacuçu

Leia também:

Cobra Amarela


Jararacuçu do Brejo

A jararacuçu-do-brejo ou cobra-nova, cujo nome científico é Mastigodryas bifossatus, na verdade não é uma jararacuçu autêntica e sim uma serpente não venenosa, porém agressiva. Possui coloração marrom clara e marrom escura, alternadas em faixas retangulares.

A jararacuçu do brejo alcança 1,8 metros de comprimento e alimenta-se de lagartos, aves, anfíbios e roedores. É comumente vista do centro até o sul do Brasil.


Jararacuçu do Papo Amarelo

A serpente jararacuçu do papo amarelo é conhecida popularmente por papa-pinto e também não é uma jararacuçu autêntica. Seu nome científico é Drymarchon corais e ela pertence à família Colubridae. Possui a coloração amarela no ventre e é mais amarronzada do dorso.

Seu habitat natural são os brejos e é uma cobra semi-peçonhenta, não causando risco de morte com a sua picada.  A jararacuçu do papo amarelo se alimenta de outras cobras menores, aves e anfíbios.

Jararacuçu Dourada

A jararacuçu dourada, também chamada de urutu-dourada, é uma jararacuçu autêntica, venenosa, pertencente à família Viperidae.

A Jararacuçu Dourada é uma serpente grande e imponente, chegando a atingir 1,8 metros de comprimento. Suas presas inoculadoras de veneno chegam a medir 2,5 cm e suas glândulas que injetam veneno são bastantes desenvolvidas.

As serpentes mais jovens possuem tons castanhos, enquanto as serpentes fêmeas adultas são amarelas com manchas pretas e os machos são amarelos com manchas marrons. Os machos são naturalmente menores do que as fêmeas.

 

Atualizado em: 15/08/2018 na categoria: Espécies, Peçonhentas