» » » Como Funciona o Acasalamento das Cobras

Como Funciona o Acasalamento das Cobras

O acasalamento de cobras acontece quando a cobra macho enrola sua cauda em torno da fêmea para o fundo de suas caudas se encontrarem na cloaca, o ponto de saída para os resíduos e fluido reprodutivo. O macho insere seus dois órgãos sexuais, os hemipênis, que então se estendem e liberam o esperma. O sexo da cobra acasalando geralmente leva menos de uma hora, mas pode durar até um dia inteiro.

Cobras acasalando

Cobras enroscadas durante o acasalamento.

Quando uma cobra está querendo acasalar, segue sua rotina diária, mas deixa um rastro de feromônios quando empurra pontos de resistência no solo. Se um macho sexualmente maduro capta seu perfume, vai seguir seu rastro até encontrá-la.


A cobra macho começa a cortejar a fêmea, vibrando o seu corpo junto ao dela ou esfregando o queixo na parte de trás de sua cabeça, rastejando sobre ela para que a mesma libere sua cloaca e o acasalamento possa começar. No entanto, esse ritual de acasalamento é o mais geral descrito. O acasalamento de muitas espécies ainda não foi documentado.

acasalamento das cobras

Caso já exista outro macho no cortejo, os dois podem se enfrentar para ver quem leva a melhor. Os machos da família das víboras (Viperidae) e das cobras (Colubridae) se enfrentam medindo o corpo enquanto se enroscam na posição vertical, por exemplo. A disputa é feita tentando empurrar o queixo sobre a cabeça do outro macho.

Alguns machos podem sufocar a fêmea para acasalar

Algumas espécies de machos são impacientes na hora do acasalamento, como sucuris e serpentes do gênero Thamnophis. Essas espécies começam o acasalamento após o período de hibernação. Durante o cortejo, se a cobra fêmea demora a liberar sua cloaca, é sufocada para se tornar receptiva ao acasalamento, liberando a cloaca em resposta ao ato agressivo.


Reprodução

Cobras fêmeas se reproduzem uma ou duas vezes por ano, mas a saída das novas cobras varia entre as espécies.

Algumas cobras dão à luz filhotes vivos (indo para nada menos que um a 150 cobras de cada vez), enquanto outras põem ovos (de um para 100 de cada vez). Alguns espécimes de cobras podem até mesmo combinar estes métodos, segurando ovos internamente até que choquem, e os bebês nasçam já vivos e totalmente formado. Há, ainda, mais uma forma inusitada de reprodução, pois algumas espécies de cobras são capazes de criarem clones de si mesmas.


Para a maior parte, as cobras não sentam em seus ovos como uma galinha, mas em alguns casos eles vão proteger seus ovos (e seus filhotes) por alguns dias depois que saem do corpo da mãe.

Órgãos reprodutivos das cobras

As cobras machos possuem dois pênis e dois testículos, chamados de hemipênis, que surgem de sua cloaca no momento da cópula, mas apenas um pênis é utilizado por vez. Os machos possuem, inclusive, um “pênis preferido” para usar. O esperma do macho é inserido na cloaca das fêmeas, por onde saem seus dejetos e também o seu odor natural. Ter dois pênis facilita um número maior de cópulas em pouco tempo.

Atualizado em: 30/11/2018 na categoria: Diversos, Dúvidas