» » Cobras têm Poder de Regeneração?

Cobras têm Poder de Regeneração?

Cobras não têm poder de regeneração como outros répteis, a exemplo da lagartixa. O que as cobras possuem é a capacidade do organismo regenerar partes do corpo lesionadas, como ferimentos e queimaduras, assim como ocorre com a maior parte dos animais e humanos. Caso uma cobra seja queimada, por exemplo, as suas escamas e tecidos atingidos serão regenerados. No entanto, o processo de regeneração é relativamente lento e poderão ficar sequelas nas partes atingidas, como cicatrizes ou uma aparência diferenciada do restante do corpo. Já em casos onde a cobra é perfurada – algo comum, pois elas andam sobre galhos de árvores ou são atacadas por seres humanos – os seus tecidos também se regeneram vagarosamente. Se esses impactos atingirem e chegarem a quebrar os seus ossos, o processo de regeneração é semelhante ao dos seres humanos. No entanto, como temos os ossos eventualmente quebrados imobilizadas por tratamento médico, os ossos são alinhados de forma adequada novamente. Com as cobras esse realinhamento resulta, geralmente, em uma recolocação assimétrica dos ossos, ou seja, de maneira torta.

Troca de pele

Um fenômeno que acontece com as serpentes e que confunde as pessoas, que acabam pensando que as cobras têm poder de regeneração, é a troca de pele. Esse processo, no entanto, não se trata de uma regeneração. É algo que acontece com a maioria das espécies de cobra. Elas trocam a sua pele e as suas escamas desgastadas por outras novas, para permitir o seu crescimento, para limpeza, para a sua maior proteção e para facilitar o rastejar. A troca de pele e de escamas acontece cerca de 4 vezes ao ano. O processo é rápido, durando 7 dias, aproximadamente.

Atualizado em: 19/03/2019 na categoria: Dúvidas