» » Cobra mais Bonita do mundo: Qual é?

Cobra mais Bonita do mundo: Qual é?

Cobras são animais fascinantes e também repletos de beleza, aspectos tão bonitos que tornam uma missão difícil afirmar qual a mais bonita delas. Mas é claro que abaixo te contamos qual a Cobra mais bonita do mundo, olha só:


Qual a Cobra mais bonita do mundo?

A Cobra mais bonita do mundo é marcada pelo nome científico de Thamnophis sirtalis infernalis, popularmente conhecida como Cobra-liga vermelha da Califórnia, uma subespécie da Cobra-liga que está presente na natureza em diferentes formas.

Olhando para sua formação física fica até simples entender a razão pelas quais são lidas como as mais belas do mundo, possuindo colorações únicas que harmonizam entre si de forma surpreendente, fazendo com que ganhe destaque nesse sentido.


Características gerais:

Em sua estrutura corporal, encontramos listras em tonalidade azul que criam contraste com tons de vermelho e preto presentes nas demais partes do seu corpo, uma concentração de cores que parece milimetricamente pensada para ser tão linda.

Tanta beleza está presente em um comprimento pequeno, já que sua média é de 55cm, apesar de alguns exemplares poderem ultrapassar 1 metro. Nessa medida, são capazes de concentrar três faixas corporais, além de uma fileira de pontos pretos que nos remetem a manchas.

São venenosas?

Por muito tempo se acreditou que essa cobra não seria venenosa, mas atualmente seu veneno já é reconhecido, apesar de não se tratar de uma substância capaz de representar grandes riscos aos humanos para além de irritações superficiais na pele.

Além disso, seu veneno possui propriedades neurotóxicas, capazes de levar a paralisia no caso de pequenos repteis dos quais costuma se alimentar, dando a ele poucas possibilidades de sobrevivência.

Habitat

Tamanha beleza se restringe a grande parte do território norte americano, considerando ainda que não conseguem se adaptar facilmente a espaços áridos, como aqueles presentes na região Sudoeste dos Estados Unidos, por exemplo.

Vale frisar ainda que elas gostam de locais úmidos, onde podemos as encontrar com menor dificuldade e assim, nos surpreender com as cores vibrantes que possui. Contudo, infelizmente as avistar tem se tornado cada vez mais raro por conta do agravante risco de extinção ligado a elas.

Atualizado em: 04/07/2022 na categoria: Dúvidas